Blog

Produtos e serviços afetados pela pandemia: setores afetados negativamente.

No comments

No início deste ano, o mundo foi surpreendido pela propagação do novo covid-19. Pouco depois de seu surgimento, grande parte dos países foram afetados pelo novo vírus, que lota hospitais de todos as cidades do mundo e faz com que produtos e serviços afetados mereçam atenção.

Na tentativa de conter a disseminação do vírus, o isolamento social foi considerado a melhor alternativa. Com isso, muitas atividades, anteriormente consideradas normais, tiveram de ser interrompidas.

Dessa forma, setores como o de lazer e turismo e outros como o de investimentos tiveram quedas em seus rendimentos.

Para fundamentar este texto, foram utilizados os dados da pesquisa “O legado da quarenta para o consumo”, realizada em maio de 2020 pelo banco BTG Pactual.

O banco utilizou como metodologia de pesquisa a quantidade de buscas feitas no Google pelos internautas. Além de analisar também o trafego de websites e downloads em aplicativos, logo após verificou que os produtos e serviços afetados foram:

1. Setor de turismo

Devido ao fechamento de aeroportos e fronteiras entre estados e países o turismo foi um dos setores mais afetados pela propagação do vírus.

Impossibilitados de viajar, os internautas buscaram até 50% menos informações sobre preço de passagens, hotéis e outros dados relevantes para a área de turismo.

Segundo a CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), o setor perdeu ainda cerca de R$ 11, 96 bilhões em volume de receitas. Em comparação ao mesmo período de 2019, o turismo teve uma queda de 84%.

2. Investimentos

Devido à incerteza econômica mundial e ao fechamento da bolsa de valores norte americana, esse foi um dos primeiros setores a apresentar quedas significativas.

Segundo a pesquisa do BTG Pactual, o termo “investir” apresentou baixa de 6% no Google. Ele aparece mais expressivamente em pesquisas como, “como investir” ou “o que é investir?” O que mostra que elas são feitas por investidores iniciantes.

O terceiro item da lista de produtos e serviços afetados é o:

3. Setor imobiliário

Segundo pesquisa feita pelo Grupo Zap Imóveis, 86% das pessoas que pensavam em comprar ou alugar uma nova casa adiarão a decisão. As buscas no Google, mostraram que houve uma queda em até 25% das buscas de termos relacionados ao setor.

4. Setor automobilístico

Devido ao fechamento temporário de concessionárias e a baixa produção em fábricas e montadoras, esse setor sofreu quedas significativas.

Embora os sites de vendas de automóveis tenham tido 2,5% a mais de visualizações, os termos de busca relacionados a compra de carros caíram para 29 % entre os meses de fevereiro e abril.

5. Mercado de seguros

As buscas por seguro de automóveis e residencial, caíram aproximadamente 34%. Além disso, o público deixou de pesquisar até 25% menos por seguradoras como a Porto Alegre e a Sul América.

Produtos e serviços afetados e o pós-pandemia

Ao analisar os dados aqui expostos, fica evidente que alguns setores da economia mundial e brasileira foram afetados negativamente. Isso devido à crise de saúde pela qual o mundo está passando.

Considera-se, portanto, que, esses produtos e serviços afetados pelo novo corona vírus necessitam de maior atenção e cuidado. Tanto por parte daqueles que ou foram afetados pela crise, como também pelos que estão tentando se inserir no mercado agora.

Em meio ao novo cenário mundial, é possível pensar também em estratégias para que tanto esses setores se reergam após o surto da doença, como também para criação de novos negócios rentáveis durante a pandemia.

Certo é que, diversos produtos e serviços afetados realmente passam atualmente por momentos delicados. Acredita-se então que, é somente através de pesquisas e olhar de mercado antenado que será possível enfrentar um novo mundo marcado pelo corona vírus.

ORAEXProdutos e serviços afetados pela pandemia: setores afetados negativamente.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *